Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 -

O blog é uma extensão da cobertura sobre tecnologia e internet publicada na Folha.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Games violentos podem tornar as pessoas ‘mais boazinhas’, diz estudo

Por João Vitor Oliveira
moleque
Leonardo Wen/Folhapress

Este post vai para você que se sentiu culpado após provocar aquele pandemônio em “GTA”.

Não se preocupe, talvez você não seja tão psicopata assim.

Um estudo recente da Universidade de Buffalo, em Nova York (EUA), diz que cometer atrocidades no videogame aumenta a sensibilidade moral das pessoas.

“Ao invés de fazer com que os jogadores se tornem amorais, games violentos podem fazer com que eles se engajem em ações voluntárias que beneficiem o próximo”, diz o autor do estudo Matthew Grizzard.

O pesquisador se baseou em outros estudos recentes que apontaram que o sentimento de culpa leva a um “bom comportamento” por parte dos indivíduos.

Segundo testes conduzidos por Grizzard com 185 pessoas, o cérebro não diferencia a culpa provocada por ações do mundo virtual da causada por atitudes da vida real.

No experimento, os participantes foram escolhidos aleatoriamente para passar por “condições indutoras de culpa” (jogar um game como terrorista e tentar se lembrar de situações da vida real que causam culpa) ou “condições de controle” (jogar um game como agente da paz do exército da ONU e recordar atitudes da vida que não provocam culpa). Depois, responderam a questionários.

O resultado indicou uma preocupação moral bastante avançada por parte dos que jogaram o game violento.

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade