Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 -

O blog é uma extensão da cobertura sobre tecnologia e internet publicada na Folha.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Mulheres expõem no Twitter sexismo da indústria dos games

Por Alexandre Orrico
Samus Aran, heroína do game “Metroid: Other M”; primeiro título da franquia, em 1986, foi um dos pioneiros em ter uma personagem feminina como protagonista

Por que há tão poucas mulheres na indústria de games, seja como desenvolvedoras, jornalistas, designers ou executivas de grandes empresas?

Desde segunda-feira (26) à noite, mulheres que estão de alguma forma envolvidas com o mercado de jogos eletrônicos começaram a utilizar a hashtag #1ReasonWhy (“uma razão porque”) para expôr no Twitter o forte sexismo presente no setor.

Segundo o site gamesindustry, a hastag aparentemente surgiu como uma resposta ao usuário Luke Crane, que postou a pergunta “por que há tão poucas criadoras de games?”.

“Eu tive que fazer meu próprio game para ver alguém como eu como personagem principal”, disse Mattie Brice, crítica de games. “Eu me deparo com estupro e violência na seção de comentários do Hey Ash”, tuitou Ashley Burch, responsável pela websérie “Hey Ash Whatcha Playin”, que tem mais de 14 milhões de visualizações no GameTrailers

“Eu não me sinto bem-vinda na [feira de games] E3 mesmo fazendo games há 31 anos” disse Brenda Romero. A roteirista de games Rihanna Pratchett postou que “criar personagens femininas que se vestem adequadamente é uma raridade”.

Diversas pessoas reclamam também da diferença de salário entre homens ou mulheres e há até mulheres que finjam ser homens em comunidades on-line para não serem discriminadas e hostilizadas.

Para conferir centenas de motivos (e também mensagens de apoio às mulheres) faça uma busca no Twitter por #1ReasonWhy.

Veja alguns dos tuítes abaixo:

” porque eu não posso publicar um artigo sobre o assunto sem ter que lidar com repercussão negativa e insultos”

“Porque se eu for bem-sucedida, sou excepcional. E se eu falhar, sou prova de que mulheres não devem estar na indústria”

“porque não há investimento suficiente em games AAA sobre algo além de guerra, caubóis, futebol, carros. desculpe, mas é verdade”

“Porque eu recebi olhares vagos quando perguntei o motivo de uma soldado feminina em um game que trabalhei se parecer com uma estrela pornô”

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade