Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 -

O blog é uma extensão da cobertura sobre tecnologia e internet publicada na Folha.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

‘Carmageddon’, game de corrida ultraviolento, quer renascer pelo Kickstarter

Por Alexandre Orrico
Primeira imagem do game "Carmageddon: Reincarnation"

Eu tinha 13 anos quando joguei “Carmageddon“, game de corrida ultraviolento e politicamente incorreto, lançado em 1997.

No jogo, para o desespero dos meus pais, você dirige um carro com o objetivo de atropelar pedestres e destruir carros adversários.  Na lógica sanguinária de “Carmageddon”, há pontos especiais se as vítimas são velhinhas indefesas e “bônus de estilo” se você realiza os assassinatos de marchá ré ou derrapando o carro (nunca consegui o atropelamento por capotagem, o mais valorizado).

Agora o estúdio responsável pelos jogos originais (a sequência é de 1998), pretende trilhar o caminho desbravado pelo game “Double Fine Adventure“, que arrecadou US$ 3,3 milhões no Kickstarter (plataforma on-line de financiamento colaborativo).

Wasteland 2” (US$ 2,9 milhões) e Shadowrun” (US$ 1,8 milhões) foram outros projetos de jogos que vieram logo depois de ‘Double Fine’.

Carmageddon: Reincarnation” foi lançado no Kickstarter ontem e já arrecadou mais de US$ 125 mil –os produtores estão pedindo US$ 400 mil.

O projeto pretende ressuscitar o universo macabro do jogo, agora com gráficos detalhados e física real. Bateu uma nostalgia e decidi doar US$ 15.

Relembre no vídeo abaixo trechos do “Carmageddon” e “Carmageddon 2: Carpocalypse”. Cuidado, no vídeo há desmembramentos, pedestres pegando fogo, atropelamentos, dezenas de mortes e muito, muito sangue pixelizado.

[youtube RKwMBxiKTo4 nolink]

Blogs da Folha